21 de mar de 2008

Homenagem ao senhor Mondrian






O pintor Mondrian iniciou suas investigações visuais partindo da figuração realista, como a maioria dos artistas de sua época, mas sentiu a necessidade de correr alguns riscos para poder aprofundar (e curtir) sua capacidade criativa.
Coloquei alguns quadros que ele fez na década de 1910 (!!! nessa época andava-se de bonde!!!...o cara gostava e aceitava as novidades...) em ordem cronológica, o que permite acompanhar o pensamento de simplificação e síntese a que Mondrian se dedicou.
POr quê será que Mondrian consta nos maiores acervos do mundo e nos livros de todos os historiadores de arte? Seria ele um diletante, um impostor, um espírito crítico que tentava dialogar com o pensamento de sua época?
respostas à autora do blog :)

Um comentário:

  1. Será professora, que é porque o espírito inovador de Mondrian soube integrar o fazer artístico e o pensamento criativo na concepção de trabalhos totalmente originais!?

    Nenhum outro artista foi tão didático, e nem mostrou de maneira tão clara o processo do seu trabalho. Quando olhamos para esta série (árvores), somos fatalmente conduzidos a um exercício imaginativo que nos permite alcançar um entendimento maior dos conceitos que levaram Mondrian à abstração. E é isso o que nos faz reconhecer a relevância de sua obra, que não teve precedentes...


    Atualmente estou trabalhando para a Editora Saraiva. Você pode ver algumas das minhas ilustrações em:

    www.claudiailustra.blogspot.com


    Até mais,
    Bjs

    Claudia

    ResponderExcluir