8 de jul de 2008

Constantin Brancusi, renovador da escultura moderna




Brancusi (1876–1957), escultor romeno que desenvolveu sua carreira em Paris, centro das vanguardas da arte do século 20.
Observador da arte primitiva, a escultura pré-histórica e africana e as esculturas de Gauguin.
Sua obra emblemática é "O beijo", duas figuras quase simétricas e maciças que se abraçam num bloco único de pedra.
É interessante lembrar que Brancusi visitou o atelier de Rodin, mestre da escultura à época, mas evitou cair no sentimentalismo que poderia implicar o tema.
O artista se concentra somente nos elementos escultóricos básicos: volume, massa e textura, um bloco único de pedra, com a forma totalmente simplificada.
Representa a liberação do realismo acadêmico do século 19, abrindo o caminho para a escultura abstrata.

2 comentários:

  1. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir