8 de jul de 2008

Uma lembrancinha de Leonardo !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Peças leiloadas de Brancusi


Brancusi também se compra


Brancusi traz felicidade aos ricos colecionadores, afinal arte também é dinheiro

Deu na BBC: Uma escultura do artista plástico romeno Constantin Brancusi quebrou um recorde mundial em leilão na Christie's, de Nova York, ao ser arrematada na quarta-feira por US$ 27,456 milhões (cerca de R$ 68,5 milhões).
A escultura Pássaro no Espaço, uma peça de mármore que mostra uma ave subindo aos céus, foi arrematada por um comprador anônimo.
O récorde anterior pertencia a outra obra de Brancusi, "Danaide", vendida por US$ 18,1 milhões, em maio de 2002.
A peça abstrata estava guardada em um cofre e era mantida nas mãos de uma única família desde 1937.
Ela não era conhecida e sua autenticidade foi comprovada apenas dias antes de os detalhes da venda serem finalizados.
A escultura, de 1,21 centímetros de altura, foi criada pelo artista por volta de 1923.

"Chega-se à simplicidade a medida que nos aproximamos do significado real das coisas." Constantin Brancusi.




Brancusi conserva dois conceitos característicos do fim de século 19, o poder do arcaico e uma estilização formal refinadíssima.

Beijo de Rodin X Beijo de Brancusi


Constantin Brancusi, renovador da escultura moderna




Brancusi (1876–1957), escultor romeno que desenvolveu sua carreira em Paris, centro das vanguardas da arte do século 20.
Observador da arte primitiva, a escultura pré-histórica e africana e as esculturas de Gauguin.
Sua obra emblemática é "O beijo", duas figuras quase simétricas e maciças que se abraçam num bloco único de pedra.
É interessante lembrar que Brancusi visitou o atelier de Rodin, mestre da escultura à época, mas evitou cair no sentimentalismo que poderia implicar o tema.
O artista se concentra somente nos elementos escultóricos básicos: volume, massa e textura, um bloco único de pedra, com a forma totalmente simplificada.
Representa a liberação do realismo acadêmico do século 19, abrindo o caminho para a escultura abstrata.

Voltando aos escultores modernos...


Tchekov também sabia das coisas...à sua maneira...


"As obras de arte se dividem en duas categorias: as que eu gosto e as que eu não gosto. Não conheço nenhum outro critério."

Anton Pavlovitch Tchékhov (1860-1904)
Importante escritor e dramaturgo russo considerado um dos mestres do conto moderno. Era também médico, exercendo a Medicina durante o dia e frequentemente escrevendo à noite.

A respeito da frase de Goethe...o que é a realidade na arte?



Goethe sabia das coisas............



"Se eu pintar meu cão exatamente como ele é, naturalmente terei dois cães, mas não terei uma obra de arte."

Goethe, Johann Wolfgang (1749-1832)
Poeta, novelista, dramaturgo e científico romântico alemão.

Também falou : "O que puder fazer ou sonhar, comece a fazé-lo já. A ousadia está repleta de genialidade, poder e magia."