25 de jun de 2008

e continua a galeria de orgulhos da Tia Laura !!!!





mais trabalhos de alunos meus...Orgulho da Tia Laura ! srsrrs





Alguns trabalhos de alunos meus...orgulho da Tia Laura !! srsrrsr





Lembrando: cursos intensivos em julho no atelier




Meus caros. Aviso que a data limite para reservar vaga nos cursos intensivos de julho é 29 de junho!!

Serão oferecidos 04 cursos:

1. Desenho da cabeça humana.
2. Escultura: Modelagem da cabeça humana.
3. Pastel seco.
4. História da escultura.

Será entregue um CD com a apostila e um Certificado para cada curso.Informações e reservas por email: info@lauranehr.com

www.lauranehr.com

24 de jun de 2008

enquanto isso.....Uma lembrancinha !!!!!!!

aos visitantes...........

Estivemos fora do ar por motivos de força maior, desculpem, caros visitantes, não atualizei o blog estes dias, começo de férias na faculdade...
Volto à ativa logo logo, não se livrarão de mim tão cedo !!!!!!!!!

7 de jun de 2008

"A arte é uma doença altamente contagiosa - o olho do artista se regala inconscientemente com quaisquer partículas que lhe atravessem o caminho."




Frase do grande historiador Herbert Read no livro Escultura Moderna, Editora Martins Fontes, 2003.

Imagem de Henry Moore em seu estudio.
© Galerie Gérald Cramer

O desenho de Henry Moore...


Prometo uma postagem sobre os desenhos de Henry Moore, grande, grande desenhista. Ele ia além da uso do desenho como ferramenta para criar esculturas, os desenhos eram obras com linguagem própria, maravilhosos....

©2008 artnet - The art world online. All rights reserved. artnet is a registered trademark of artnet Worldwide Corporation, New York, NY.

Henry Moore sabia das coisas:


Vamos ouvir o artista falar:

Para mim, uma obra deve primeiramente ter uma vitalidade própria. Não quero dizer um reflexo da vitalidade de vida, do movimento, ação física, cambalhotas, figuras dançando e assim por diante, mas que uma obra pode ter em si uma energia retida, UMA INTENSA VIDA PRÓPRIA, INDEPENDENTE DO OBJETO QUE PORVENTURA REPRESENTE.
Quando uma obra tem esta poderosa vitalidade, não asociamos a ela a palavra Beleza, ela não é o objetivo de minha escultura.
A beleza de expressão almeja agradar aos sentidos mas o poder de expressão tem uma vitalidade espiritual que para mim é mais emocionante e vai além dos sentidos.

Henry Moore, a mãe e a criança, a família e a figura reclinada




Os 3 temas de Henry Moore: a mãe e a criança, a família e a figura reclinada.

HENRY MOORE, escultor britânico moderno.




HENRY MOORE (1898-1986) criou baseado nas características próprias da escultura, como atenção ao volume e à massa, interação entre côncavos e convexos, planos e linhas de contornos articulados de maneira rítmica e unidade na concepção da peça.
Dois conceitos escultóricos que podem ter influenciado a obra de Henry Moore são as formas orgânicas e cilíndricas de Picasso e Jean Arp, na modelagem e no entalhe, além da sabida influência da escultura primitiva, inclusive a pré-colombiana.

Desenvolveu basicamente suas obras sobre 3 temas : a mãe e a criança, a família e a figura reclinada.
Sua obra torna-se significativa por representar estes temas de uma maneira, digamos, arquetípica(?), simbólica(?) e não realista. Porque o tema de suas esculturas de fato são as relações entre tamanhos, formas e, superfícies e volumes das partes, são relações formais e não de siginificado naturalista.